Postagens

Mostrando postagens de 2012

Para encerrar o ano do fim do mundo

Feliz, feliz Natal. Merecemos. Por Caio Fernando Abreu

Então eu vou ali...

Álvaro de Campos

Desconstruindo Mutantes

Ainda a impossibilidade

Um cappuccino morno

Cuatro Caminos

Não conta para ninguém

Carta para alguém bem perto

Do Extraordinário

Novembro é para se desacreditar

Sobre o valor que se dá ao que se perdeu

Everything in its right place

Basta eu encontrar você no caminho

Melancolia

Sobre realidades e cigarros

What if...

Simplesmente Alice

Do que morrem os jornalistas?

Um recadinho (ou desabafo)

Dos rituais

Sobre a vontade de voltar a ser estrangeira

Pensamentos de um domingo qualquer

You can close your eyes and never be alone

Croniquetas

De uma saudade que sempre vem...

Temporada de gripe

Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças

Sobre as madrugadas com ele

O bilhetinho

Dos Fragmentos

Das conversas de espelho

A urgência do amor e a felicidade ao redor

Strike a pose

Frio

Dos guardados

Esse meu bobo coração

#astrologiafail

Uma busca

Post Mal Humorado

Ao vento

Renovação

Federico e Giulietta