domingo, outubro 14, 2012

Basta eu encontrar você no caminho

São planos bobos que faço para quando você chegar. Algo como voltar a usar minha batedeira para preparar suflês numa terça-feira qualquer ou sair do pacote básico da TV a cabo para passarmos a tarde de domingo disputando o controle remoto. Desapegar-me dos vários vestidos e deixar uma gaveta livre, caso você queira e até assistir no cinema, sem fazer biquinho, a aquele filme de ação que você descreveu com olhos de luzes de natal.

Semanas atrás, entrei numa agência de turismo decidida a comprar um pacote para o tal réveillon de que tanto tenho pavor. Por instantes, o fato de não achar nenhuma viagem boa o suficiente - porque ano novo tem aquele punhado de rituais cansativos e um sambão na linha "viver e não ter a vergonha de ser feliz" ao final - me pareceu um sinal de que você chegaria para me tirar desse tipo de cilada. Olhei para a porta e não tinha ninguém.

Confesso que ando meio desanimada trafegando por "desinteressâncias" e "semgracezas" que se apresentaram nos últimos tempos. Ficou difícil te enxergar nessa confusão. Se passou por mim, volte. Se eu não te conhecer ainda, diga que leu essa mensagem. Pois eu sou de planos bobos, de festas surpresas, de carinho nas costas e de tantas pequenas doçuras-travessuras que podemos descobrir quando houver eu e você. 


Desse tumblr bacana aqui

4 comentários:

  1. Ludj, o tráfego de tudo está tão intenso que não dá mais para confiar no nosso sentido mais elementar. As "desinteressâncias" e "semgracezas" explodem em todo tempo e lugar, embassando os olhos, tornando-os vermelhos ou opacos. Os instintos associados à visão estão entorpecidos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que conseguir desopilar né?

      Excluir
  2. Ludj, eu me perdi no caminho, mas li essa sua mensagem. Que linda mensagem... nem mesmo o esterelizado ambiente digital impede que ela exale o seu perfume, doce. Que o cavalheiro perdido ache logo o caminho do carinho das costas, caso contrário, me libertarei do meus grilhões para encontrá-la além da Serra do Mar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, obrigada pelas sempre gentis palavras e por perceber o perfume :) Abraços

      Excluir