domingo, abril 08, 2012

Renovação

Quando 2012 começou, mais uma vez, reuni minhas melhores intenções para aplicá-las. Acontece que no meio do caminho há um ou outro atalho, percalço ou tentação. Então, veio o início do ano astrológico e, novamente, aquela canção do Roberto: daqui pra frente, tudo vai ser diferente.

Poucos dias depois, nada de incluir frutas no cardápio, lembrar do significado de moderação ou organizar aquilo que desde anteontem me espera. Em outros tempos, existiu a sensação de fraqueza quando não perseverava no que sempre achei que poderia me fazer bem. Hoje aceito minhas imperfeições e, de vez em quando, sei que preciso estar perto do fogo, sentir a altura do abismo.

Renovação é agora, a cada dia, na queda de braço entre o lado sensato e o desatinado. Renovar a ação, seguir adiante, deixar para trás certos condicionamentos. Fundamental encerrar ciclos, eliminar (res)sentimentos. Libertar-se do outro, de mim. Depois do julgamento: carta vinte no tarô traz redenção.

E lá vem o sol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário