domingo, outubro 01, 2006

Sei lá, mil coisas

Setembro se foi. Ontem joguei o tarot para ver se meu momento atual tende à mesmice ou à virada. Fiquei de plantão por mais de 10 horas, com uma tosse intermitente. Hoje, the same shit: engoli o almoço para chegar à redação em tempo hábil (o trânsito lento quase me enlouqueceu). Fiz matéria sobre os bares que venderam cerveja, a sujeira dos candidatos na boca de urna e o movimento dos estabelecimentos comerciais. Uma delícia! A vida não é só escrever sobre o selo Alfagura, não é mesmo?

Justifiquei minha ausência eleitoral no meio da tarde. Fiquei feliz em não ser obrigada a escolher em qual "menos canalha" eu votaria. Recebi trocentos e-mails pentelhos dos meus amigos petistas, com adendos do Chico Buarque, como se ele fosse a voz da razão. A classe artística/intelectual desse país não tem poder sobre minha escolha. Tão pouco a elite babaca que adora vomitar o neoliberalismo do PSDB no meu ouvido. Eu queria que o Gabeira fosse presidente e que o Aécio não fosse reeleito. Como tantas outras coisas nessa minha vida, vale o refrão do Faith no More: "you want it all, but you can't have it".

Peguei alguns DVDs para não me lembrar que minha semana, iniciada no dia 25 de setembro, só termina no dia 06 de outubro. Chorei muito vendo um filminho bobo com a Cameron Diaz e a Toni Collete. Guardadas as devidas proporções, senti muita saudade da minha irmã. Há momentos de cumplicidade das duas tão lindos que só quem não é filho único pode entender.

5 comentários:

  1. A parte da cumplicidade de irmãs, realmente, meu background de filho único não me permite dividir com você tais emoções. Já a parte política, assino embaixo: viva o Gabeira, abaixo Aécio e a maioria... Beijo,
    João

    ResponderExcluir
  2. AMO ESSE FILME!
    Me debulhei em lágrimas nele tb!

    ResponderExcluir
  3. esse filme é lindo! uma grata surpresa!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo12:51 AM

    ohh ludinha!! sinto saudades de você todos os dias!!!

    ps: eu não sou a cameron diaz.heheheh

    ResponderExcluir
  5. E nem eu a Toni Collete, apesar de estar gordinha. beijos a todos

    ResponderExcluir