quarta-feira, junho 09, 2004

Seria ótimo se por alguns momentos eu pudesse me tornar uma guerrilheira. Não digo isso de graça...Depois de passar dois dias indo à Caixa Econômica Federal para ser extorquida por uma merdinha de gerente, que passou num concurso e vai apodrecer em seu emprego medíocre, se orgulhando de tratar todo mundo mal e agüentar por mais de dois meses um aparelho celular de quinta categoria emprestado pela TIM, a pior operadora de telefonia celular do mundo - e que deveria ter devolvido meu aparelho há muito tempo - eu precisava ter no mínimo um ótimo fuzil. Chega de suportar os fantoches desse sistema vil e pretensamente rápido, ágil e moderno. O máximo que posso fazer é entrar no Juizado de Pequenas Causas contra a CEF e no Procon contra a TIM. Claro que vou encerrar a conta e cortar o celular. E quando chego no trabalho, ainda me obrigam a usar o ridículo crachá pendurado no peito. Do contrário pena funcional. Como não sou funcionária no direito e só na obrigação, o meu não sai da bolsa.

E Viva Che Guevara!

Nenhum comentário:

Postar um comentário