terça-feira, fevereiro 08, 2005

Comer, beber, viver

Foi basicamente isso que eu fiz no feriado. Vi filmes também. No domingo assisti ao Código 46. Aquele tipo de cinema que você diz no final: "ah, tá!". Ontem almoço de dia inteiro na casa de Ricardo Koctus, com a presença do Arnaldo Baptista (sim, ele mesmo). Foi surreal. Não consegui fazer nada a noite depois de tanta cereveja, coquetel, belisquete, tropeiro. Como se a pança não estivesse de mamute, hoje fomos almoçar uma deliciosa Picanha na casa de Liliu, pai de Fernandinha. Rimos à beça, já que ele é uma figura. Só conhecendo pessoalmente para entender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário