domingo, agosto 22, 2004



It Had To Be You - Marty Robbins

It had to be you, it had to be you
I wandered around and finally found somebody who
Could make me be blue, could make me be true
And even be glad just to be sad
Thinkin' of you
Some others I've seen, might never be mean
Might never be cross or try to be boss
But they wouldn't do
Nobody else gave me a thrill
With all your faults I love you still
It had to be you, wonderful you
It had to be you
Some others I've seen, might never be mean
Might never be cross or try to be boss
But they wouldn't do
Nobody else gave me a thrill
With all your faults I love you still
It had to be you, wonderful you
Had to be you


Eu já devo ter visto When Harry met Sally umas 15 vezes no mínimo. Sei de cor todos os diálogos e sempre choro no momento em que ele diz para ela que "quando a gente encontra alguém com quem passar passar a vida inteira, têm começar agora". Ontem a insônia veio acompanhada de uma terrível indisposição e fui fechar os olhos as cinco da manhã. Não dormir para mim é reflexo de preocupação, estresse e calor que, infelizmente, está chegando.

No mais, o fim de semana segue sem maiores programas culturais. Sexta fui ao Haus Müchen com a Fernanda e o Tonico. Ontem almocei com Mamãe e Marianinha no Café, assisti ao jogo Brasil X Rússia e ao bacaninha Quero Ficar com Polly. À noite saí para jantar com o Alê. O máximo que farei hoje é ir ao cinema (proposta gratuita). Não que seja agosto, mas ainda bem que está acabando...



Nenhum comentário:

Postar um comentário