terça-feira, julho 07, 2009

Alguma poesia? (Ou enquanto faço o curto trajeto a pé para o trabalho)

Um homem vestido de branco está descendo a rua.
Enquanto fala ao celular.
Ao passar por mim, aciona o modo automático de sua emoção
E diz, em tom menor, beijoeuteamotchau.

Mesmo com a cinza névoa no céu,
as amoras da minha rua insistem em tingir o chão de roxo.

Já me perguntaram um milhão de vezes se não canso de te escutar.
Quando driblo as faxineiras dos prédios, que varrem as folhas para longe,
Nem sequer as surpreendo com meus olhos fechados
Ao cantar desafinadamente sua música, agora minha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário