sexta-feira, agosto 03, 2007

Quando a depilação vira uma vitória pessoal

Se eu contar quantas vezes por semana eu marco e desmarco itens básicos no salão de beleza, pouca gente acreditaria. Há dias não faço as unhas, precisava pintar o cabelo e a cera quente estava passando longe da minha pelagem. Mesmo nem tão farta, ela me incomoda demais... Hoje após o almoço resolvi arriscar. Quando vi a Bida lendo o jornal tranquilamente, quase chorei. Metade de meus problemas estéticos foram resolvidos sem telefonemas, agendamentos e lembretes inúteis na tela do computador.

O chato é que eu e o Alê mal curtimos nossa casinha por conta das idas e vindas na Leroy Merlin, Tok&Stok e supermercado. Fora isso, tem instalador de rede, faz-tudo, faxineira...E também existe o trabalho pegando para os dois, o que é ótimo, embora estafante.

Amanhã tentarei de todas as formas fazer as unhas, outro ponto para a seleção. É dia do Chá de Panela, que eu fui resolvendo entre as brechas de hora do almoço e à noite. Outro dia vi um documentário sobre como as noivas são estressadas. Mesmo não fazendo a linha convencional, estou ficando um pouco mais freak do que sou.

2 comentários:

  1. Johnny12:50 PM

    Embora você não goste, impossível não lembrar da Legião:

    O mundo anda tão complicado

    Gosto de ver você dormir
    Que nem criança com a boca aberta
    O telefone chega sexta-feira
    Aperto o passo por causa da garoa
    Me empresta um par de meias
    A gente chega na sessão das dez
    Hoje eu acordo ao meio-dia
    Amanhã é a sua vez
    Vem cá, meu bem, que é bom lhe ver
    O mundo anda tão complicado
    Que hoje eu quero fazer tudo por você.
    Temos que consertar o despertador
    E separar todas as ferramentas
    A mudança grande chegou
    Com o fogo e a geladeira e a televisão
    Não precisamos dormir no chão
    Até que é bom, mas a cama chegou na terça
    E na quinta chegou o som
    Sempre faço mil coisas ao mesmo tempo
    E até que é fácil acostumar-se com meu jeito
    Agora que temos nossa casa
    É a chave que sempre esqueço
    Vamos chamar nossos amigos
    A gente faz uma feijoada
    Esquece um pouco do trabalho
    E fica de bate-papo
    Temos a semana inteira pela frente
    Você me conta como foi seu dia
    E a gente diz um p'ro outro:
    - Estou com sono, vamos dormir!

    etc e tal...
    Beijo,
    João

    ResponderExcluir
  2. Carol - BH10:29 AM

    Bom demais isso, aproveita pq é único e não volta...
    bjos.
    Adorei o chá...

    ResponderExcluir