sexta-feira, julho 01, 2005

Pra não dizer adeus

E ontem foi o último dia da Fernandinha no Agenda. Aquele misto de tristeza com alegria por ela ter encontrado um lugar em que possa crescer mais. Um grande vazio e algumas incertezas porque a ficha só vai cair quando os novos apresentadores entrarem no ar. Por hora é como se ela estivesse de férias e eu a estivesse substituindo.

Eu assistia ao Agenda quando ainda estava na faculdade e quando entrei na TV, Fernandinha foi a primeira pessoa do programa que se aproximou de mim. Aquela moça bonita com um magnetismo único no vídeo também era bacana. O tempo passou, eu fui pro Agenda. Alguns de nossos amigos queridos partiram e nós ficamos. Ficamos unidas em meio às turbulências. Nos divertimos até nas viagens de trabalho. Ela me fez apreciar cenas curtas e eu juro que já a ouvi cantorando músicas que ela acha que são indies. Somos amigas, uma turma e uma família que passa natal junto e tudo mais. Só que vai ser difícil chegar na sala e não vê-la concentrada no computador, dizendo: "e aí, fofa, algum bafão?"


Tunico, Fernandinha e eu fazendo palhaçada no meu aniversário

Nenhum comentário:

Postar um comentário