sábado, agosto 24, 2013

Videotape*

É uma imagem bonita, já usaram até em videoclipe: o passado revisto produzido em Super-8.
Pois eu andava na manhã fria fugindo de marquises para que o sol me alcançasse.
Veio o filminho na cabeça, a menina de 13 anos no pátio da escola observando os outros correndo.
Eventualmente, seu olhar se fixava na colega mais bonita da sala rodeada de amigas.
E os meninos passavam por ela com cara de idiotas.

Ela gritava por dentro, eram tantas coisas inquietantes e urgentes:
a prova de matemática,
o garoto de cabelo comprido daquela pequena ruazinha do Prado,
pedir para os pais dinheiro para com as amigas sair no fim de semana,
não ter que dividir o quarto com a irmã,
querer passar a tarde ouvindo Faith no More...

Veio a sombra inevitável, o bom dia do porteiro, o celular tocando.
A menina foi embora.
Mais uma memória fragmentada, um cinema mudo.
Não me lembro de como era a minha voz.

*Esse post tem a trilha sonora da música homônima do Radiohead


Nenhum comentário:

Postar um comentário