sexta-feira, abril 27, 2007

Semana de oitos e oitentas

Voltar à rotina. No último final de semana (e nesse também), plantão. Segunda: novos direcionamentos no jornal e sessão no Reserva Cultural do belo Vermelho como o Céu. Terça: com fuso horário trocado e mais cinema, em companhia da Giovana. Foi a vez do fraquinho Cartola, um documentário que não acrescenta nada para os que amam o sambista e muito menos converte os leigos. Quarta: trabalho além da conta, com reunião até tarde da noite. Quinta: trabalho se acumulando por conta do feriadão e uma esbórnia daquelas. Reuni a turma no Empanadas (com presenças ilustres daquels que só bebem Coca Light, como a finíssima Deborah Bresser). Faltou lugar na mesa, foi divertidíssimo ainda mais porque um amigo da editoria foi flagrado no Orkut em sessões de fotos hilárias. Estava para lá de Bagdá num churrasco e resolveu encenar a Paixão de Cristo (como ele não quis liberar a foto, fica meio sem graça só contar). Sexta: Enxaqueca por conta de aspirar a nicotina alheia e pescoção dos infernos. A boa notícia é que a tão esperada frente fria chegou. Amanhã, Uiara está em São Paulo com meu doce gatinho Téti, de quem estou morrendo de saudades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário