segunda-feira, junho 21, 2010

Don't look back in anger

Nos últimos tempos, sabia o que era pagar à vista, em qualquer circunstância. Gastar somente o que cabia no orçamento.

Assim era o combinado da vida a dois. Nada de parcelamento, nenhum crédito especial. Apenas a realidade.

Eis que a realidade - sempre uma trapaceira - avisa que existe um débito em conta, uma tristeza que necessita de parcelamento. Toda planilha muda. Tudo muda. E nada será como antes. Nada será apenas um refrão do Oasis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário